Grande Deck de Madeira para Lagoa irá valorizar nosso Mercado Público




Já tendo o seu projeto concluído e realizado pelo IPHAN, o prédio do Mercado Público Municipal de Laguna será revitalizado, assim como a doca lindeira. Segundo o próprio Instituto, através da arquiteta Ana Paula Cittadin ,o principal objetivo é promover e valorizar dois aspectos de capital importância socioeconômica e cultural da cidade de Laguna: a pesca artesanal e o comércio tradicional, ainda facilitando o acesso das pessoas com deficiência motora, através da instalação de elevador, rampas e sanitários adaptados.

A partir desses pontos, abre-se um leque de possibilidades de incremento de atividades econômicas típicas e, consequentemente, da história e a cultura que se cria em torno delas. Com exemplos: a venda de pescado diretamente do pescador para o consumidor, fabricação de embarcações e equipamentos de pesca tradicionais, feira de hortifrutigranjeiros, comércio de artesanato, restaurantes, botecos servindo pratos locais entre outros. Mas, sobretudo, a cidade é presenteada com o resgate de seu principal canal de ligação com a Lagoa de Santo Antônio dos Anjos.

Iniciada, toda a obra terá dois anos para sua conclusão. Os procedimentos de restauro na edificação, como: substituição das telhas, argamassa, piso cerâmico, modernização dos boxes de atendimento, restauração das esquadrias, restituição dos vãos originais e as novas instalações hidrossanitárias e elétricas darão uma nova cara a este importante prédio Lagunense.

O projeto de R$ 3,5 milhões, ainda prevê a execução de deck em madeira na fachada oeste com a Lagoa Santo Antônio, valorizando a integração do espaço interno do mercado, com a lagoa. No segundo piso prevê a implantação de espaço para venda do artesanato local e instalação de restaurante. A iluminação externa ao monumento será com cabos tencionados fazendo alusão às embarcações que frequentaram e frequentam o espaço das docas e mercado.

Assim, como aconteceu com o projeto do Memorial Tordesilhas, o do Mercado Público também foi desenvolvido pela empresa Arte Real Arquitetura e Restauro - LTDA, contratados pelo IPHAN através de processo licitatório, e tem o apoio do BNDES, que neste mês faz reunião ordinária interna, para avaliações de projetos no país e que deve liberar a obra, para ter início ainda em 2011.

2 comentários:

Renato Souza disse...

Uma salva de canhão para este projeto, agora poderemos ter um mercado publico que valorize nossa terra. Parabéns.

rachel disse...

Os projetos para Laguna são sempre tão maravilhosos, tão inspirados , tão cheios de boas intenções, mas na hora da execução cadê? Sempre ficamos na esperança de que um dia vai deslanchar, que o desenvolvimento vai chegar. Vamos torcer para que desta vez aconteça!