A onda de assalto no Mar Grosso parece de tsunami... não acaba nunca!

Não vejo perspectivas de melhora nesta questão de segurança no Mar Grosso. Uma pena visto que o principal Balneário do Sul do Estado, tem tudo para servir de exemplo. Quando eu morava em Floripa, muito pouco disso acontecia e naquele momento, a cidade tinha muita aspiração para o turismo, mas pouco ganhava com isso. Hoje ela é ícone turístico brasileiro, mas PENA nas mãos dos meliantes.

Às vezes fico pensando quando vale à pena potencializar a nossa Laguna, em relação ao seu crescimento, podendo ser pelo turismo, como aconteceu em outro grandes centros, já que, com isso, virá também MUITOS problemas...

A polícia se escora na inabilidade do Estado e pouco faz, o principal "cara" da Segurança Catarinense leva quase 5 mil votos em nossa cidade (reeleição), mas também nada faz por nós; Então...

Veja a matéria feita na íntegra.

http://www.youtube.com/watch?v=zzEXzGvkvQA

Um comentário:

peterson disse...

Comentário feito por um anônimo (por receio de represália)que repasso... Pede para esses caras trabalharem nos lugares que mais precisamos. Nos lugares onde tem maior circulação de gente (mercados, lojas, boates, bares e restaurantes), principalmente à noite. Não esqueça de dizer pra esses caras responsáveis pela segurança, que nós aqui do escritório, temos dez pessoas empregadas que não dão conta de calcular para as empresas/clientes lagunense tantos impostos para pagarem todos os meses, pra bancar o salário dessa turma, para garantir nossa segurança. Diz pra esses comandantes que os policiais não precisam ficar no quartel cumprindo as 12 horas à disposição, esperando as 48 horas defolga, porque dificilmente o quartel vai ser assaltado. Pede pra tirarem o bunda da cadeira e sairem pra rua, dar mais segurança à população. Sugere a corporação deixar sentados os mais inteligentes, se há, estudando estratégias para evitar a violência no município.

Sugere também, que os comandantes chamem os policiais que residem nas periferias, que tem bastante, para apontarem onde estão os bandidinhos. eles sabem onde estão.